Sindicato faz protesto contra demissões na Mitsubishi

Catalão, 7 de abril de 2017.

Postado às 13h37

Atualizada: 15h14

O Sindicato dos Metalúrgicos de Catalão (Simecat) realizou hoje, 7, pela manhã, uma manifestação em repúdio às demissões ocorridas ontem, na Mitsubishi. Segundo o sindicato, foram 60 desligamentos.

Os sindicalistas queimaram pneus na porta da empresa, permanecendo no local por 2 horas. Segundo a Assessoria de Imprensa do Simecat, um grupo de manifestantes foi recebido pela empresa. Pediram uma bonificação aos demitidos. Não houve acordo, segundo a Assessoria. Uma audiência de conciliação foi marcada para ainda hoje, na Vara do Trabalho para tentarem chegar a um consenso.

De acordo ainda com o sindicato, a empresa informou que pretende desligar 350 pessoas até maio. “O sindicato não concorda e vai lutar até o fim. Vamos propor outras alternativas. Demissão, só em último caso”, disse o presidente do sindicato, Carlos Albino.

O sindicato vai propor redução na jornada de trabalho, salário, mas com estabilidade no emprego, a exemplo do que aconteceu em cidades como Anápolis sede da Hyundai.

Até o fechamento, a  Assessoria de Imprensa da HPE (Mitsubishi) não respondeu ao email encaminhado.

Atualizada: Segundo Assessoria de Imprensa dá HPE, a empresa não se pronunciará sobre demissões.

Foto ilustrativa / internet

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>